Receba gratuitamente todos os nossos conteúdos.

Fique por dentro das novidades e oportunidades referentes à Psicometria e Análise Quantitativa de Dados.

Dicas para elaboração da pergunta norteadora de pesquisa

Sabemos que para iniciar uma pesquisa (seja ela científica ou não – ex. Qual marca de air fyer é a melhor?), é necessário termos uma pergunta que queremos responder.

Especialmente na ciência, um desejo fundamental é o de responder a perguntas. Vale destacar que a pergunta de pesquisa é a primeira etapa na realização de um trabalho científico. É a pergunta ou as perguntas de pesquisa orientam os tipos de dados a serem coletados e o tipo de estudo a ser desenvolvido. Por isso, possivelmente, a parte mais difícil da pesquisa é descobrir qual pergunta você gostaria de responder. Mas como fazer a pergunta de pesquisa?

A dica geral é pensar em um esquema de funil. Isto é, inicialmente, você deve escolher um tópico geral. Depois de escolher um tópico geral, você deve refiná-lo para uma questão específica. Portanto, dentro desse tópico você deve descobrir o que já se sabe sobre um determinado tópico e quais perguntas ainda não foram respondidas.

Se você não tem absolutamente nenhuma experiência anterior em uma área de pesquisa, o melhor lugar para começar é um livro introdutório. Leia a seção relevante para seu interesse geral e comece a restringir quais aspectos você está particularmente interessado em seguir. De um livro geral, você pode passar para um livro mais especializado (e simplesmente navegar em uma biblioteca universitária pode apresentar muitos livros diferentes).

Por exemplo, você pode refinar seu interesse de fobias em geral (que podem conter vários tipos de fobias específicas, por exemplo de fobia social para algo específico, como fobias de animais). Neste exemplo, você escolheria um livro especializado em fobias (portanto, ainda não é muito específico, mas fornece muito mais detalhes do que um livro de psicologia geral). Neste livro, você pode encontrar uma teoria ou ideia específica que chame sua atenção.

Assim, após ter sido instigado por uma teoria ou ideia especifica, você pode buscar por artigos de revisão. Artigos de revisão são artigos em que um experiente acadêmico apresenta um resumo da pesquisa sobre um determinado tópico. Estas podem ser revisões discursivas nas quais as evidências disponíveis é assimilado e avaliado subjetivamente pelo autor do trabalho, ou metanálises nas quais as evidências disponíveis sobre um determinado tópico são combinados estatisticamente para chegar a uma conclusão.

Nesta fase, podemos começar a fazer uso de bancos de dados. Alguns deles são:

The web of science (http://wos.mimas.ac.uk): Este site contém resumos pesquisáveis para quase tudo publicado em ciência e ciências sociais (diferentes bancos de dados) desde cerca de 1980 até os dias atuais.

Psychological abstracts (Psylnfo): Publica um livro mensal de resumos de periódicos chamado Psychological Abstracts

The national library of medicine: A maioria dos periódicos é indexada neste banco de dados (especialmente os grandes periódicos) e você pode pesquisar por tópico, autor ou periódico. Além disso, o acesso ao resumos é gratuito para todos! No site principal, siga os links para MEDLINE/PubMed

O próximo passo seria usar este artigo de revisão para examinar algumas das referências específicas (listas de referências em artigos de periódicos são uma fonte inestimável de informações adicionais) e ajustar suas ideias. Vale lembrar que a leitura de textos científicos também pode ser fonte geradora de novas perguntas.

Com a pergunta em mente, vale a pena questionar:

Feasible: É factível? Eu consigo responder essa pesquisa com o que possuo de tempo, habilidade, equipamento e dinheiro?

Interesting: É interessante? Nesse ponto, se questione se a pesquisa é interessante para você. Essa pergunta te motiva? Prefira temas que possam lhe manter interessado e envolvido até o término da pesquisa.

Novel: É novidade? Confirma, refuta ou amplia descobertas anteriores? Gera um conhecimento novo ou preenche uma lacuna do conhecimento?

Ethical: É ético? Lembre-se que toda pesquisa ainda precisa de aprovação de um comite de ética em pesquisa.

Relevant: É relevante? Quais as contribuições para ciência e para sociedade?

E por fim, destaca-se que o desenvolvimento de uma pergunta de pesquisa é um processo criativo. E quanto mais repertório sobre o tema de modo geral você obter mais “poder criativo” para gerar uma pergunta ou varias perguntas de pesquisa.

Gostou desse conteúdo? Precisa aprender Metodologia Análise de dados? Faça parte da Psicometria Online Academy: a maior formação de pesquisadores quantitativos da América Latina. Conheça toda nossa estrutura aqui e nunca mais passe trabalho sozinho(a).

Texto adaptado do livro How to Design and Report Experiments de Andy Field e Grahan Hole de 2003.

BRUNO FIGUEIREDO DAMÁSIO

Sou Psicólogo, mestre e doutor em Psicologia. Venho me dedicando à Psicometria desde 2007.

Fui professor e chefe do Departamento de Psicometria da UFRJ durante os anos de 2013 a 2020. Fui editor-chefe da revista Trends in Psychology, da Sociedade Brasileira de Psicologia (SBP) eEditor-Associado da Spanish Journal of Psychology, na sub-seção Psicometri e Métodos Quantitativos.

Tenho mais de 50 artigos publicados e mais de 3000 citações, nas melhores revistas nacionais e internacionais. Atualmente, me dedico a formação de novos pesquisadores, através da Psicometria Online Academy. Minha missão é ampliar a formação em Psicometria no Brasil e lhe auxiliar a conquistar os seus objetivos profissionais.

Deseja se tornar completamente autônomo e independente na análise dos seus dados?

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja mais

Posts relacionados

Um Guia Completo sobre a PEDro: Physiotherapy Evidence Database

Um Guia Completo sobre a PEDro: Physiotherapy Evidence Database

Se você é um profissional ou um estudante da área da saúde e está interessado nas práticas baseadas em evidências, este post é para você. Vamos descobrir como a base

Diferença entre as regressões logísticas: binária, ordinal e multinomial

Diferença entre as regressões logísticas: binária, ordinal e multinomial

A análise de regressão é uma técnica amplamente utilizada para verificar a existência de uma relação entre uma variável dependente e uma ou mais variáveis independentes. Existem diferentes tipos de

Construção de itens para instrumentos de autorrelato

Construção de itens para instrumentos de autorrelato

A elaboração de itens para instrumentos de autorrelato desempenha um papel crucial na pesquisa psicométrica, pois é por meio deles que os participantes expressam suas próprias experiências e percepções. Neste

Dados Normativos: Entendendo o Escore Z

Dados Normativos: Entendendo o Escore Z

Interpretar os resultados derivados do uso de um teste é tão crucial quanto criar ou adaptar os instrumentos e aplicá-los corretamente. Para a interpretação dos resultados, é essencial a criação

Compreendendo a Confiabilidade Duas-Metades (Split-Half Reliabity)

Compreendendo a Confiabilidade Duas-Metades (Split-Half Reliabity)

No campo da Psicometria, pesquisadores e profissionais frequentemente buscam garantir a precisão e consistência de seus instrumentos de medição. Um dos métodos usados para avaliar a confiabilidade de um teste

Um Guia Completo sobre a PEDro: Physiotherapy Evidence Database

Um Guia Completo sobre a PEDro: Physiotherapy Evidence Database

Se você é um profissional ou um estudante da área da saúde e está interessado nas práticas baseadas em evidências, este post é para você. Vamos descobrir como a base

Diferença entre as regressões logísticas: binária, ordinal e multinomial

Diferença entre as regressões logísticas: binária, ordinal e multinomial

A análise de regressão é uma técnica amplamente utilizada para verificar a existência de uma relação entre uma variável dependente e uma ou mais variáveis independentes. Existem diferentes tipos de

Construção de itens para instrumentos de autorrelato

Construção de itens para instrumentos de autorrelato

A elaboração de itens para instrumentos de autorrelato desempenha um papel crucial na pesquisa psicométrica, pois é por meio deles que os participantes expressam suas próprias experiências e percepções. Neste

Dados Normativos: Entendendo o Escore Z

Dados Normativos: Entendendo o Escore Z

Interpretar os resultados derivados do uso de um teste é tão crucial quanto criar ou adaptar os instrumentos e aplicá-los corretamente. Para a interpretação dos resultados, é essencial a criação

Compreendendo a Confiabilidade Duas-Metades (Split-Half Reliabity)

Compreendendo a Confiabilidade Duas-Metades (Split-Half Reliabity)

No campo da Psicometria, pesquisadores e profissionais frequentemente buscam garantir a precisão e consistência de seus instrumentos de medição. Um dos métodos usados para avaliar a confiabilidade de um teste

Cadastre-se para ser notificado com o link das aulas ao vivo:

Módulo 4: Redes neurais artificiais

• Introdução a Deep Learning

• Avaliando sistemas de Deep Learning

• Redes Neurais feitas (sem programação) no SPSS

• Aula bônus: O futuro da IA na Sociedade

• Aula bônus: Dois Estudos de Caso 

Módulo 3: Interpretar e reportar resultados

• Gerar, interpretar e reportar resultados em Machine Learning

Módulo 2: Criando o seu sistema

• Selecionando algoritmos e métodos 
• Práticas de Machine Learning (Sem programação): Decision Tree (JASP), Linear Discriminant Classification (JASP) e Plataforma ORANGE
• Aula Bônus: Avaliação Psicológica e Machine Learning
• Aula Bônus: Livros e Cursos recomendados  
• Aula Bônus: Entrevista com Cientista de Dados focado na área da Saúde

Módulo 1: O que é Machine Learning

• O que é Machine Learning?
• Como a máquina aprende?
• Machine Learning para Psicometria e Pesquisa Quantitativa (pesquisas comentadas)
• Tipos de Machine Learning (Supervisionado e Não-supervisionado)
• Práticas de Machine Learning (Sem programação): JASP e SPSS
Aula Bônus: Filosofia da Inteligência Artificial
• Aula Bônus: Entrevista com Cientista de Dados graduado em Psicologia
• Aula bônus: Estudo de Caso sobre Redução Dimensional 

Preencha abaixo para
participar gratuitamente

Fique tranquilo, não utilizaremos suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM. Os dados coletados são tratados nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados e você pode se descadastrar da nossa lista de contatos a qualquer momento.